Atendimento: (21) 3286.8099 / 3564.9443 / 96488.0421

Dicas de Segurança e Economia

A JM Gás se preocupa com a segurança dos nossos clientes, confira alguma dicas de segurança, tendo algum problema não hesite em nos ligar o mais rápido que puder (21) 3286.8099 / 3564.9443 / 96488.0421

Manutenção Preventiva

Uma vistoria das instalações e equipamentos a gás devem ser realizadas, no máximo, a cada dois anos. Na ocasião, eventuais escapes de gás e desgastes, podem ser precocemente diagnosticados e reparados. Assim, garante-se mais eficiência, economia e segurança na utilização do gás natural em casa. Vale lembrar que é responsabilidade do usuário solicitar a manutenção. Por isso, esteja atento ao prazo.

Obs.: Ao notar qualquer tipo de problema, tais como: vazamento, cheiro de gás, chama amarelada, imediatamente, ligua para a JM Gás.

Utilização frequente dos aquecedores

- Não use a temperatura máxima do seu aquecedor sem necessidade. Para ajustar a temperatura do seu banho, use o botão de controle do aquecedor (quantidade de gás). Colocar o aquecedor no máximo e misturar água fria desperdiça água e gás.

- O piloto do aquecedor de passagem não deve ser mantido aceso, assim você evita desperdícios e não põe sua segurança em risco.

- Observe a necessidade da troca de reparo do misturador, em caso de vazamento de água na ducha.

- O queimador deve acender imediatamente quando a torneira de água quente é aberta. Caso isto não ocorra, substitua as pilhas ou verifique a ligação elétrica do aparelho.

- Realize limpeza periódica na sua ducha para eliminar as impurezas provenientes da rede de água da rua.

- No local em que o aquecedor for ser instalado, não deve haver correntes de ar.

Obs.: Ao notar qualquer tipo de problema, tais como: vazamento, cheiro de gás, chama amarelada, imediatamente, chame a assistência técnica.

Utilização eficiente do fogão

- Para fogões sem acendedor automático tenha em mãos o fósforo ou acendedor, primeiro, acenda o fósforo, só então, abra o controle de gás natural.

- Ferva água com o recipiente fechado, o tempo de fervura será mais curto e então, abaixe o fogo.

- Mantenha as panelas centralizadas na chama e tampe as panelas enquanto cozinham, isso aproveita melhor o calor.

- Mantenha os queimadores limpos e regulados. A chama do fogo deve ter tom azulado. Se tiver com tonalidade amarelada, é sinal de que os queimadores estão sujos ou desregulados, o que aumenta o consumo de gás.

- Use panelas com o tamanho adequado para a quantidade de alimentos que você irá cozinhar. Quanto maior o tamanho da panela, mais tempo o alimento levará para aquecer e maior será o consumo de gás.

- Use, sempre que possível, o forno para assar ou esquentar mais de um alimento simultaneamente.

- Alimentos duros ou muito consistentes cozinham mais rápidos se forem colocados previamente de molho.

- O fogão deve ser mantido longe das correntes de ar.

Obs.: Ao notar qualquer tipo de problema, tais como: vazamento, cheiro de gás, chama amarelada, chame imediatamente a JM Gás.

Segurança nas instalações

- Não utilize as tubulações de gás com suporte de outros objetos.

- Não submeta as tubulações de gás ao contato com cabos elétricos.

- Não coloque materiais inflamáveis ou corrosivos próximo às tubulações. Feche o registro de gás após a utilização dos aparelhos.

- Feche a válvula do medidor de gás caso se ausente de sua residência por vários dias.

- Não obstrua as áreas de ventilação.

- Se a chama de gás natural apresentar uma coloração amarelada ou estiver oscilante, é sinal de falha na combustão. Providencie o reparo imediato.

- Na cozinha, a conexão dos fogões à instalação de gás natural, deve ser feita em tubo flexível metálico, conforme norma NBR 14177. A instalação necessita de um registro de gás em local de fácil acesso. Para evitar o desgaste do tubo, que pode provocar vazamento de gás, o mesmo não deve estar em contato com superfícies quentes e as conexões devem estar em boas condições e bem apertadas.

- Se houver falta de gás natural, por motivo diferente de corte, siga as instruções do fabricante para a abertura das válvulas, caso o fornecimento não seja restabelecido, contate o serviço de emergência autorizado.

Se sentir cheiro de gás, chame imediatamente a JM Gás.

Ventilação de ambientes

- Circulação de ar garante segurança.

- Os ambientes onde funcionam aparelhos a gás devem ser bem ventilados - conforme norma brasileira NBR 13103 - pois, na queima do gás, o oxigênio é consumido. Por este motivo, janelas e basculantes devem ser mantidos livres dos obstáculos que impeçam a renovação do ar.

- É importante manter uma área superior aberta, à uma altura mínima do piso de 1,5m, com no mínimo 600cm², e na parte inferior, à altura máxima do piso de 0,80m, também deve haver ventilação, podendo ser através de um corte de 3 cm na porta ou instalação de veneziana com área mínima de 200 cm².

- Os aquecedores e boilers, além da ventilação permanente, necessitam de uma chaminé para a condução do monóxido de carbono ao exterior, por um terminal externo tipo "T", para evitar o retorno do gás ao interior do ambiente.

O que fazer quando sentir cheiro de gás

- Não ligue equipamentos elétricos (evite ligar qualquer equipamento).

- Não acione os interruptores de luz.

- Abra as portas e janelas dos ambientes.

- Feche os registros junto ao medidor de gás e de todos os equipamentos à gás.

Importante: Não abra os registros até que a causa do vazamento esteja solucionada.
Curiosidade: O Gás natural não tem cheiro. Mas ele é quimicamente odorizado, para que em caso de escapamento seja facilmente identificado.